fbpx Skip to main content
aparelho autoligado

Aparelho autoligado: tecnologia para seu sorriso

Tempos atrás, durante uma consulta inicial de avaliação para aparelho ortodôntico, uma paciente perguntou sobre as famosas “borrachinhas”. Uma amiga que tinha colocado aparelho a pouco tempo reclamava sobre o acúmulo de sujeira nelas e que, após uma semana, sua cor alterava dando um aspecto de sujo para o aparelho.

Diante dessa dúvida, resolvi escrever este texto sobre o aparelho autoligado, que não utiliza mais borrachinhas para fixar o fio nos bráquetes (peças coladas nos dentes).

Para que servem as borrachinhas?

Comecemos pelo início. Para que elas servem?

A função das borrachinhas, chamadas de elásticos ou ligaduras ortodônticas, é prender o fio ortodôntico nos bráquetes para que a movimentação dentária aconteça. Devem ser trocadas a cada consulta, o que irá conferir nova movimentação nos dentes e o avanço do tratamento.

aparelho autoligado

Mas se o aparelho autoligado não utiliza elásticos, como movimenta os dentes?

No lugar da borrachinha, o bráquete possui uma tampa, que deve ser aberta pelo ortodontista para colocação do fio ortodôntico, e depois fechada. Veja na vídeo deste texto.

Esta moderna tecnologia permite um menor atrito do fio com o bráquete, permitindo ao ortodontista empregar forças mais leves para a movimentação dentária. Como o fio trabalha livremente no bráquete, os resultados são eficazes e a movimentação dentária pode ser mais rápida.

Estudos mostram que os autoligados podem ser até 35% mais rápidos. Mas essa rapidez vai depender da complexidade do caso, do cuidado do paciente com o aparelho e a experiência do profissional.

E as vantagens do aparelho autoligado?

A rapidez citada se aplica principalmente na primeira fase do tratamento, na qual é feito o alinhamento e nivelamento dos dentes. Além dessa vantagem, permite consultas mais espaçadas, entre oito e dez semanas. Isso representa um avanço em relação ao aparelho convencional com elásticos, que exige consultas entre 21 e 30 dias.

Confira no vídeo abaixo como é o aparelho autoligado:

Em relação a dúvida da paciente que mostrei no início do texto, as ligaduras ortodônticas realmente acumulam muita placa bacteriana se não houver uma adequada higienização. A alteração de cor, outra dúvida da paciente, ocorre pela ação de alimentos e bebidas que podem pigmentar como café, refrigerantes, vinho.

Os aparelhos autoligados não possuem essa característica justamente por não utilizarem as ligaduras ortodônticas. O acúmulo de placa é muito menor e a coloração do aparelho se mantém até o final do tratamento.

Assim, você deve saber que o aparelho autoligado pode ser uma excelente opção para o seu tratamento. Um aparelho que possui a opção metálica e estética (em porcelana), com bráquetes menores que são mais discretos e facilitam a higiene.

Converse com seu ortodontista e descubra esta nova maneira de corrigir seu sorriso com praticidade e tecnologia.

Dúvidas? Deixe nos comentários.

Até a próxima semana.

Um grande abraço a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *